site1.png

Jamrock lança novo projeto com apoio da Secult

A banda roraimense Jamrock, que…

Editais de artes visuais contemplaram artistas de Roraima

O Dia do Artista Plástico …

Image

Movido pela força de vontade, o artista passou um tempo longe de Roraima se aprimorando e divulgou o trabalho em vários países além de ter publicado 21 obras da literatura de Cordel, 5 romances e 2 poesias.

MAIS CULTURA PRA VOCÊ

Contar histórias ao redor de uma fogueira, com temas que vão desde o gênero urbano, terror, aventura, romance, protesto por causas sociais a situações vividas no cotidiano, assim se define a arte do contador de estórias, Lindomar Neves dos Santos, o Bach. Roraimense, autodidata nascido em 10 de outubro de 1970, filho de Diná Santos Silva, índia Macuxi e do pernambucano Manuel Felipe da Silva.

Desde a juventude atua na cena cultural roraimense, tendo iniciado a carreira aos 16 anos nas artes plásticas e depois expandiu horizontes para literatura, cartuns, charges e por fim se tornou designer gráfico. Bach se auto define, não como um escritor, mas como um contador de estórias, naqueles moldes de estórias contadas ao redor da fogueira em acampamentos. As obras do autor são para leitores ocasionais, com textos curtos de linguagem bem acessível às classes sociais.

“Geralmente os temas são levantados a partir do cotidiano, urbano e das minhas experiências, além de temas que vão desde terror, aventura, romance, até protesto por causas sociais”, explicou o autor.

Movido pela força de vontade, o artista passou um tempo longe de Roraima se aprimorando e divulgou o trabalho em vários países além de ter publicado 21 obras da literatura de Cordel, 5 romances e 2 poesias.

 

Image

NA MÍDIA

Prazo para prestação de contas da Lei Aldir Blanc é prorrogado.
A ação levou em conta o aumento de casos da pandemia de covid-19.


Saiba mais

Central de Relacionamento

SECULT

Atendimento Geral

(95) 981203455

Atendimento especializado

gabinete@secult.rr.gov.br

Bem-vindo! Você está no Portal da Secretaria Estadual de Cultura.


ONDE ESTAMOS

Praça do Centro Cívico 85 Boa Vista, RR 69301-380 Brasi - Localização: Palácio da Cultura Nenê Macaggil
Atendimento: das 7h30 até 13h30

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA
“Amazônia: Patrimônio dos Brasileiro”

 

Desenvolvimento
Centro de Tecnologia e Informação Fazendaria